Vereadora Ada Dantas preside audiência pública sobre violência contra a mulher


Vereadora Ada Dantas preside audiência pública sobre violência contra a mulher

Dando continuidade às comemorações na semana dedicada ao Dia Internacional da Mulher, na última quarta-feira (13), a vereadora Ada Dantas Boabaid (PMN) presidiu a Audiência Pública realizada na Câmara Municipal de Porto Velho (CMPV) com o intuito de discutir políticas públicas para a prevenção da violência contra a mulher. Como forma de gentileza e reconhecimento, o vereador Pastor Sandro de Carvalho (PSB), proponente da audiência, cedeu à Ada Dantas a presidência da referida audiência pública.

Com a participação em massa de mulheres dos mais diversos ramos de trabalho, a audiência reforçou a necessidade em se discutir cada vez mais políticas que reflitam em segurança às mulheres. Com números alarmantes de agressões, sejam elas físicas ou psíquicas, a violência contra a mulher atinge vítimas das mais diversas classes financeiras, e o pior de tudo: a agressão parte de alguém que um dia jurou amor eterno.

Na oportunidade, foi apresentado o aplicativo Elas, que está em pleno funcionamento na cidade de João Pessoa – PB. O aplicativo é voltado para auxiliar, de forma preventiva, mulheres em situação de risco. Desenvolvido pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de João Pessoa (SEPPM), o aplicativo “Elas” está disponível para usuárias de celulares e tablets do sistema Android, e o download pode ser feito gratuitamente por meio do Google Play. Na capital paraibana o app está em funcionamento desde maio de 2017.

Para enviar as mensagens, não é necessário estar conectada a uma rede wi-fi ou 3G/4G, mas é preciso que o celular de quem está enviando tenha créditos ou bônus de mensagens da operadora, uma vez que a tecnologia usada para o envio é o SMS. As pessoas que recebem as mensagens são informadas da localização de quem enviou, facilitando a identificação do local onde a pessoa que pede ajuda se encontra.

Após baixar, no primeiro acesso ao aplicativo, as usuárias vão encontrar uma tela de cadastro no sistema do Elas. É necessário digitar um nome, a data de nascimento, informar o sexo e aceitar os termos de uso. Em seguida, o sistema pede para que seja cadastrado até três nomes e telefones de amigos de confiança, para quem as mensagens serão enviadas. Com o cadastro de pelo menos uma pessoa, já é possível utilizar o botão de envio de pedido de ajuda no sistema.

A vereadora Ada Dantas parabenizou o Pastor Sandro por ter a ideia de apresentar o aplicativo na Câmara de Vereadores, e salientou a importância deste aplicativo que, brevemente, pode ser colocado à disposição da população rondoniense. “Isto é um avanço, a demonstração de que a tecnologia pode e deve ser usada em favor de quem precisa de segurança. Muitas mulheres são agredidas, e até mesmo perdem a vida, por não conseguir pedir ajuda a tempo. Vamos amadurecer a ideia deste aplicativo na nossa cidade com a visão de dar mais segurança para as mulheres”, concluiu a vereadora.


POSTS RELACIONADOS

MINHA HISTÓRIA


Vereadora Ada Dantas Boabaid, nasceu em 15/08/1984, leonina, criou-se com seus pais e mais 4 irmãos, em Porto Velho, no Bairro Arigolândia. É Bacharel em Direito pela Faculdade São Lucas, jornalista pelo SRTE-1150 e cabeleireira. Casada desde os 17 anos com o Policial Militar da Reserva, Jesuino Boabaid. Ada tem dois filhos, Rosa e Ryan frutos dessa relação que já dura 16 anos.

CONTINUE LENDO...
COMPARTILHE NOSSO SITE: